TEMOS MUITOS MOTIVOS PARA SEGUIR APRENDENDO

Por ocasião do Dia Universal da Criança, em comemoração ao novo aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança, estamos mais conscientes do que nunca que apoiar a educação é a chave para o desenvolvimento integral da infância.

Diferente. 2020 ficará gravado na memória de todos nós como um ano diferente. Um ano marcado pela crise global da saúde, obstáculos, dificuldades, isolamento social. Mas também por ser o ano da inovação, da aprendizagem, dos desafios, das novas oportunidades.

No Grupo Arcor e no Instituto Arcor Brasil acreditamos que temos muitos motivos para continuar aprendendo, para continuar criando, para duplicar esforços que contribuam para a geração de novas oportunidades educacionais para as crianças.

Portanto, coincidindo com um novo aniversário da Convenção sobre os Direitos das Crianças (1989), queremos compartilhar uma mensagem especial neste vídeo, que reflete o grande esforço que famílias, alunos e professores fizeram neste ano.

Educação, um direito fundamental

Os Direitos da Criança foram consagrados internacionalmente em 20 de novembro de 1989, quando a Assembleia das Nações Unidas sancionou a Convenção Universal, um acordo que estabelece uma série de princípios que todos os países que a ratificaram devem cumprir.

A Convenção gira em torno de quatro princípios fundamentais:

- Não discriminação (todas as crianças são iguais, independentemente das circunstâncias de seu nascimento, como raça, religião, físico etc.).

- Melhor interesse da criança. Em caso de conflito, seu bem-estar deve estar sempre em primeiro lugar.

- Direito à vida, sobrevivência e desenvolvimento.

- Participação infantil, permitindo que a sua opinião seja ouvida e levada em consideração.

Nesta data, queremos apresentar-lhe um documento que concebemos especialmente para a ocasião, onde sintetizamos de forma lúdica e didática alguns dos direitos fundamentais de que gozam todas as crianças deste planeta.

Pode ser baixado gratuitamente em nosso site: https://bit.ly/2HnDLE2 ou clique aqui para fazer o download.

Porque acreditamos que para que os direitos se tornem realidade, o primeiro passo é conhecê-los e divulgá-los.