TRÊS PROJETOS EM BRAGANÇA PAULISTA TERÃO APOIO DO INSTITUTO ARCOR BRASIL ATÉ 2021

Dois projetos de escolas públicas e um de organização social de Bragança Paulista terão apoio financeiro e técnico do Instituto Arcor Brasil, como parte da Terceira Edição do Programa Aprendendo com Prazer, para Crescer Saudável. A assinatura dos termos de compromisso aconteceu de forma virtual no último dia 16 de setembro. O apoio técnico e financeiro acontecerá até novembro de 2021. O objetivo do Programa é apoiar projetos que estimulem a vida ativa e a alimentação nutritiva das crianças atendidas.

Dois projetos de escolas públicas e um de organização social de Bragança Paulista terão apoio financeiro e técnico do Instituto Arcor Brasil, como parte da Terceira Edição do Programa Aprendendo com Prazer, para Crescer Saudável. A assinatura dos termos de compromisso aconteceu de forma virtual no último dia 16 de setembro. O apoio técnico e financeiro acontecerá até novembro de 2021.

O Programa Aprendendo com Prazer, para Crescer Saudável é uma iniciativa do Grupo Arcor que é desenvolvida na Argentina, no Brasil e no Chile. O objetivo do Programa é apoiar projetos que estimulem a vida ativa e a alimentação nutritiva das crianças atendidas. Na terceira edição brasileira, além de escolas públicas também serão apoiados projetos de organizações da sociedade civil.

Novos espaços – “Alimentar, correr e saltar: é só começar!” é o projeto da Escola Municipal Professora Creusa Gomes de Azevedo, que participa da nova edição do Programa Aprendendo com Prazer, para Crescer Saudável.

O diretor Rodrigo Bernuccio observa que a escola tem muitos espaços, mas ainda não potencializados. Grande parte das atividades é realizada no pátio coberto, localizado no centro da escola, tendo as salas de aula no entorno.

Uma das atividades previstas no projeto é então a estruturação de um minicentro de atletismo “para os alunos se movimentarem com vários esportes”. Serão implantadas três raias de corrida, uma caixa de areia para salto à distância e base para arremesso de peso. Parceria relacionada às atividades nesse espaço será mantida com o Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo, localizado em Bragança Paulista.

Um espaço lúdico também será pintado no pátio da escola, com brincadeiras que podem ser feitas de modo coletivo. Duas miniquadras também serão pintadas, para receber alguns jogos específicos. “Vamos viabilizar um recreio ativo e feliz”, resume o diretor.

Na esfera da alimentação, está prevista a preparação de uma horta sustentável com oito canteiros para o plantio, colheita e consumo de alimentos orgânicos, conhecidos e outros que não integram normalmente a dieta dos cerca de 400 alunos que a escola atende, do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. “Vamos trabalhar para aguçar nos alunos a importância de cuidar e conhecer alimentos novos”, diz o diretor Rodrigo Bernuccio. “Queremos que os alunos adquiram e sejam multiplicadores de hábitos saudáveis, junto a suas famílias e sua comunidade”, ele completa.

Esportes não convencionais - “Murilo em Ação” é o nome do projeto da Escola Municipal Prof. Dr. Francisco Murilo Pinto, contemplado na terceira edição do Programa Aprendendo com Prazer, para Crescer Saudável. “Estamos muito animados, a escola será reaberta já remodelada depois de uma reforma e com os novos ambientes e brincadeiras em função do apoio do Instituto Arcor Brasil”, afirma o diretor Ronaldo Farias Gonçalves, membro da equipe gestora da escola, ao lado da vice-diretora, Mônica Cristina Bueno de Camargo, e da coordenadora pedagógica, Ana Mara Barbosa de Oliveira.

Com 603 alunos, do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, a EM Prof. Dr. Francisco Murilo Pinto atende à população das Águas Claras e região. No âmbito da alimentação saudável, o projeto prevê o reforço à valorização das frutas e verduras. “A ideia é que os alunos também levem esse conhecimento para suas casas, envolvendo as famílias na busca de uma alimentação saudável”, diz o diretor. Ele observa que a escola já trabalha com conceitos como o da pirâmide alimentar e a intenção é aprofundar a discussão com os alunos, por meio de palestras com nutricionistas e outras atividades.

O mesmo na esfera da atividade física, completa Ronaldo Farias Gonçalves. “Também pensamos no envolvimento das famílias, por exemplo com aulas de zumba ministradas por voluntários”, comenta. O foco do estímulo à atividade física, assinala o gestor, será o combate ao sedentarismo.

Com esse objetivo, serão oferecidas muitas atividades nos intervalos, como os jogos que serão pintados no pátio da escola. Está igualmente prevista a instalação de uma parede de escalada e de equipamentos para a prática de esportes não convencionais, como o slackline e o espiribol.

Em razão da reforma, a escola ganhou um parque para as crianças. O diretor Ronaldo Gonçalves salienta que, com o Projeto “Murilo em Ação”, os espaços da escola serão potencializados, para permitir o estímulo ao movimento, à vida ativa e às brincadeiras. “Os alunos vão se movimentar, para aprimorar o seu repertório motor”, conclui o gestor.

Novos tempos, na nova sede – Uma organização da sociedade civil de Bragança Paulista, o Ecoa – Espaço de Convivência e Aprendizado, terá projeto apoiado na terceira edição do Programa Aprendendo com Prazer, para Crescer Saudável. É o “Mais saúde: alimentação nutritiva e vida ativa”.

A gestora do Ecoa, Eledi Campos Gonçalves, observa que o projeto será desenvolvido justamente no momento em que a organização inaugura mais uma unidade, próximo ao Parque Ecológico. “Quando as crianças chegarem na nova sede, já verão o espaço muito colorido e com ambientes estimulando a vida ativa e alimentação saudável, em razão do projeto apoiado pelo Instituto Arcor Brasil”, comenta a gestora.

Uma das atividades previstas, cita a gestora, é a implantação de uma horta em um dos espaços externos. No trajeto de acesso à horta, será estruturado um Corredor dos Sentidos, com vários tipos de pisos e texturas, como grama, pedras, areia e madeira, e também de plantas aromáticas. Um convite à sensibilidade.

A gestora Eledi salienta que um dos propósitos do projeto é incentivar a participação das famílias, por exemplo com visitas à horta e que ajudem na elaboração de receitas para consumo pelas crianças. “A integração das famílias é parte importante da proposta”, diz a gestora.

No eixo de promoção da vida ativa, o Projeto “Mais saúde: alimentação nutritiva e vida ativa” prevê o oferecimento de várias brincadeiras e jogos para as crianças, em espaço lúdico que será viabilizado com os recursos disponibilizados pelo Instituto Arcor.

Eledi considera fundamental a parceria da iniciativa privada com escolas públicas e organizações sociais, como no caso do Grupo Arcor e as iniciativas promovidas pelo Instituto Arcor Brasil e Fundação Arcor, na Argentina e no Chile. “É um orgulho para a Ecoa essa parceria e com certeza ela nos dará maior visibilidade e surgirão novos parceiros”, completa a gestora da Ecoa, que atenderá 100 crianças e adolescentes em seu novo espaço.

A organização tem a missão de “contribuir para o processo de desenvolvimento integral de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco social, com atenção às famílias e às comunidades das quais fazem parte”. O ECOA oferece várias atividades complementares à escola, através de projetos como o Mão na Massa e o Educação para a Paz.